TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Foto: portalcomunidadevip.com.br

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade.

Os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que hoje 10% da população mundial sofre com este transtorno.

Normalmente, em atividades como estudo, leitura ou outras que exijam concentração, o cérebro aumenta os níveis de ativação, justamente para dar conta das exigências. Nos casos típicos de TDAH, a característica psicofisiológica mais comum é a hipofunção / hipoativação do córtex pré-frontal, na qual uma quantidade significativa de neurônios pulsam mais devagar que o esperado, especialmente quando as circunstâncias exigem maior esforço mental e, portanto, maior ativação.

Diferentemente de muitas doenças neurológicas, o TDAH conta apenas com um questionário de 18 perguntas recomendado pela Associação Americana de Psiquiatria para ser diagnosticado. Para saber se a criança tem TDAH é preciso que os pais fiquem atentos aos seguintes pontos: se seu filho está atrapalhando a aula, se vai mal na escola, se sempre desafia ou enfrenta mais velhos e autoridades, se é uma criança difícil de lidar. Nos adultos, pode haver dificuldade de concentração em palestras, aulas ou leitura, desatenção, relutância em iniciar tarefas que exigem longo esforço mental, problemas com organização, planejamento ou mesmo memória a curto prazo (marcada pela perda ou esquecimento de objetos, nomes, prazos, datas). Além disso, pode vir associado a outras doenças como depressão, transtorno de ansiedade ou distúrbio alimentar.

Para retratar melhor a experiência com o TDAH, o Nexjor conversou com Alexandre, um menino de 12 anos que enfrenta a doença desde seus primeiros anos de vida. Ele nos contou como é frequentar a escola e conviver com os colegas. Conversamos também com Cláudio Wagner, psiquiatra e professor do curso de Psicologia da UPF, que nos contou sobre as implicações que o TDAH pode trazer para a vida da criança e sua família, e explicou como é feito o diagnóstico e qual é a forma de tratamento da doença.

Ouça a reportagem abaixo e saiba mais informações sobre o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

 

Reportagem TDAH

 

Locução e Produção: Fábio Afonso e Vanessa Lazzaretti