Dia do Rádio

Toda vez que aparece aquela mensagem ‘no ar’, coloco o meu coração para falar”. Ao citar essas palavras, a sinceridade transmitida pelo olhar do radialista passo-fundense Luiz Carlos Carvalho chamou a atenção. O motivo dessa alegria é que hoje, 25 de setembro, comemora-se o Dia do Rádio. Além de ser o fiel companheiro do ouvinte, ele é capaz de humanizar e preencher a vida de muitas pessoas.

Roquete

Fundador da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, Roquete Pinto.

A data marca o aniversário de Roquete Pinto, fundador da primeira emissora de rádio no Brasil, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, em abril de 1923. Entretanto, a primeira transmissão radiofônica em território nacional aconteceu 07 meses antes, em 1922, quando o então presidente Epitácio Pessoa discursou em uma estação de rádio instalada no Corcovado, também no Rio de Janeiro, para comemorar o centenário da independência brasileira.

Só vinte anos depois desses eventos inaugurais é que o rádio chegou às cidades do interior. Em 1946, foi fundada a primeira rádio em Passo Fundo. Denominada como Rádio Passo Fundo, a torre responsável pela transmissão foi instalada em frente à Igreja Santa Teresinha. Após ser vendida, o veículo transformou-se na atual Diário da Manhã.

Mas o breve resgate histórico não para por aí. Para lembrar a data, o Núcleo Experimental de Jornalismo conversou com cinco radialistas dos principais veículos de Passo Fundo. Eles contaram como é o trabalho de um profissional que atua nessa área e, ao mesmo tempo, as principais mudanças ocorridas ao longo dos últimos anos. Assista ao vídeo: