Novos tempos no curso de jornalismo

A turma de estudantes do Curso de Jornalismo aprovados no vestibular de inverno 2015 da UPF é a primeira a ingressar no novo currículo, reformulado para se adequar às novas diretrizes curriculares para os cursos de jornalismo aprovadas pelo MEC após anos de discussão. Com o novo currículo, foram adicionadas novas disciplinas obrigatórias e eletivas, diferentes eixos de formação ganharam um planejamento de progressão ao longo do curso, o tempo de duração mudou, com o acréscimo de um ano, e outras mudanças significativas mudaram o panorama da formação jornalística na UPF, como a adoção do estágio curricular obrigatório, a criação dos Laboratórios de Convergência, a mudança nas regras das atividades complementares e a divisão equalitária dos eixos teórico e prático.

A edição número 29 do jornal PraLer/Zer é especialmente dedicada a essas transformações. Leia a edição na íntegra e fique por dentro das transformações que colocam o curso de jornalismo da UPF em um novo tempo.