SuperAção

A Paraolimpíada é um evento esportivo internacional, que conta com a participação de atletas com deficiências sensoriais e físicas. Recentemente o Rio de Janeiro sediou as Paraolimpíadas Rio 2016. A cerimônia de abertura aconteceu no dia 7 de setembro no Estádio do Maracanã, mesmo local em que ocorreu a de encerramento no dia 18 do mesmo mês. De acordo com o Comitê Paraolímpico Internacional, foram 23 modalidades, divididas em 528 provas valendo medalhas e disputadas por 4.333 atletas de 160 países.

O esporte é uma ótima ferramenta na reabilitação de pessoas com deficiência. Para Ismael Assunção, que trabalha em um centro de apoio aos deficientes, nos aspectos da saúde o esporte melhora a condição cardiovascular além de aumentar a força, agilidade, coordenação motora e equilíbrio. No aspecto social a prática esportiva torna a pessoa com deficiência mais aberta a novas experiências e desafios, ajuda na independência e dá autoconfiança, fazendo com que a pessoa conheça toda sua capacidade e poder. Torna a pessoa mais segura, otimista e melhora a autoestima.

Há muitas histórias de pessoas com deficiência para conhecer.  Pessoas que encontraram no esporte a oportunidade de “virar o jogo” e ter uma vida plena mesmo depois da deficiência. Esse é o caso do Ismael Assunção, que você vai conhecer agora.