JORNALISMO/UPF NO PRIMEIRA PAUTA: ESTUDANTE DA INSTITUIÇÃO É FINALISTA DO CONCURSO DE ZH

Thaise Ribeiro de Chaves é a quinta acadêmica da UPF a ter seu texto aprovado no concurso do jornal Zero Hora

Thaise Ribeiro de Chaves vê a conquista como uma motivação (Foto: Bruna Scheifler)

Estudante do 6º nível de jornalismo, Thaise Ribeiro de Chaves é uma das finalistas do concurso Primeira Pauta de 2018, promovido pelo jornal Zero Hora. Há dez anos, estudantes de jornalismo, do 3º ao 6º semestre do curso, de todo o estado, podem inscrever histórias e concorrer a uma oportunidade de passar uma semana na redação do jornal gaúcho, tendo experiências práticas e teóricas. Durante esse período, cinco acadêmicos da Universidade de Passo Fundo foram finalistas do concurso e 3 deles ficaram entre os vencedores.

“Temos tido a satisfação, todos os anos, de ter alunos entre os finalistas e ganhadores de concursos, tanto estaduais quanto nacionais”

“Temos tido a satisfação, todos os anos, de ter alunos entre os finalistas e ganhadores de concursos, tanto estaduais quanto nacionais, o que nos motiva a seguir fortalecendo os aspectos pedagógicos do ensino de jornalismo e incentivando os alunos a participarem”, afirmou a Coordenadora do curso de Jornalismo da UPF, Maria Joana Chaise. Segundo ela, é fundamental incentivar a participação dos alunos em iniciativas como essa.

Finalista em 2018, Thaise explicou que viu “de cara uma oportunidade, porque a gente iria fazer um texto, que é o que estamos acostumado a fazer no dia a dia, tanto na faculdade, quanto no estágio. E quem conseguisse ficar entre os finalistas iria ter a oportunidade de participar de um seminário com os profissionais do Zero Hora. Eu acho que isso me motivou muito, porque na verdade é uma oportunidade de aprender mais, de aprender novos formatos de fazer jornalismo, e claro, tudo agrega no conhecimento profissional”. Em breve a estudante participará do Seminário Dia Primeira Pauta, onde serão revelados os cinco vencedores do concurso. Antes disso, ela precisará produzir um vídeo sobre o personagem do texto que entregou na primeira fase, Milton Menezes, criador da ONG Amor de Passo Fundo. O tema definido pelo jornal era pessoas que se dedicam a causas ou projetos nas comunidades.

Milton foi escolhido por Thaise por causa de sua missão de vida, ajudar os outros. “Hoje ele oferece diversas atividades na ONG, tanto assistenciais, quanto de geração de renda. E ele está agindo ativamente, a ONG é na casa dele”, explicou a acadêmica sobre Milton Menezes.

Os acadêmicos da UPF Vinicius Coimbra, Daniel Rohrig, Julia Possa e Eugenio Matheus Siqueira já haviam sido selecionados para a fase final do concurso em edições anteriores e serviram de inspiração para a estudante, que faz seu estágio na UPFTV junto a uma das vencedoras, Júlia Possa. “Cada vez que ela contava todas as coisas que ela tinha vivenciado, que ela tinha participado, isso me inspirou ainda mais, com certeza me motivou para querer fazer o melhor”, relatou Thaise.

“Me motiva cada vez mais para tentar fazer o melhor, para poder buscar novas histórias”

O fato de ter sido selecionada é mais um motivo de inspiração para Thaise. “Me motiva cada vez mais para tentar fazer o melhor, para poder buscar novas histórias”, afirma a estudante, que enfrentava as dúvidas de quem já passou da metade do curso. A partir de agora, Thaise tem mais um motivo para continuar sua jornada rumo ao jornalismo.