FAC na contagem regressiva para o Enade

Acadêmicos participaram de Ciclo de Estudos, como preparação para a prova que acontece no domingo

No próximo domingo, dia 25 de novembro, alunos do Ensino Superior de todo o país realizam a prova do Enade – Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, que tem como objetivo avaliar o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação, em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. O exame é obrigatório e a situação de regularidade do estudante no Exame deve constar em seu histórico escolar. A primeira aplicação do Enade ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento. Na FAC, a prova será feita por alunos concluintes dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Design Gráfico. Com o objetivo de revisar os conteúdos teóricos das áreas, entre os dias 5 e 9 de novembro, a FAC promoveu a primeira edição do Ciclo de Estudos em Comunicação.

Teorias da comunicação e teorias do jornalismo estão entre os assuntos que os acadêmicos mais tem dúvidas. (Foto: Augusto Albuquerque)

Alunos dos cursos da unidade marcaram presença nas cinco noites do evento, que contou com “aulões” de Conhecimentos Gerais, Teoria do Jornalismo, Teoria da Comunicação, Ética e Legislação, Semiótica, Revisão de Leitura e Produção de Textos.

A prova do Enade possui vários conteúdos que foram trabalhados ao longo do curso de graduação. Entretanto, há conteúdos em que os acadêmicos que vão realizar a prova possuem mais dificuldade. Para saber quais conteúdos que seriam trabalhados na semana, foram aplicados testes anteriores e analisados os conteúdos. A professora coordenadora do curso de Jornalismo, Maria Joana Chaise, explica como foi organizada a seleção de matérias que foram trabalhadas na semana:

“Uma das questões que nós organizamos em preparação a prova do Enade foi fazer uma análise técnica da prova e quais eram os conteúdos cobrados.  A partir da aplicação dessas provas anteriores, fizemos uma correção para ver quais as questões eles teriam maior facilidade de responder e quais eles tinham mais dificuldade. Desse cruzamento dos conteúdos e da correção das provas, surgiram alguns temas que nós identificamos que deveriam ser revistos.  A partir desses conteúdos, nós montamos o ciclo de estudos.” – comenta a coordenadora.

De acordo com a coordenadora,  muitos desses conteúdos foram vistos no início do curso de Jornalismo e pouco retomados ao longo dele, o  que faz com que os alunos apresentem dificuldades para lembrar o que foi trabalhado no início da vida acadêmica.

A professora Maria Joana comenta que as análises dos conteúdos das provas anteriores foram uma das estratégias adotadas pelos professores para prepararem os alunos. (Foto: Lucas Santos)

“Teorias da comunicação e Teorias do Jornalismo são questões que eles viram bem no inicio do curso. Entendemos então, que poderia ser um momento de retomar e relembrar. A ideia do ciclo de estudos foi privilegiar uma retomada dos conteúdos que são cobrados na prova”, complementa Maria Joana.

Uma das alunas presentes nos “aulões” do Ciclo de Estudos foi a acadêmica de Jornalismo, Luisa Biazus, que está quase terminando a faculdade e se surpreendeu com alguns conteúdos que serão cobrados na prova.

Fake News e igualdade de gênero são assuntos que podem cair na prova segundo a opinião de Luisa. (Foto: Augusto Albuquerque)

“Eu esperava que o Enade fosse uma prova com conteúdos mais específicos da área, mas tem muito conhecimento geral o que na verdade é muito importante, principalmente para nossa profissão. Acredito que as aulas estão sendo bem importantes pra gente rever o conteúdo, porque como todo mundo está no fim da faculdade tem coisas que a gente acaba esquecendo. Então dar uma revisada tem sido bem importante.  Acho que vai ser uma boa experiência fazer a prova.” – comenta.

Andrei Nardi também está terminando o curso e também participa do Ciclo de Estudos. Ele espera uma prova bastante exigente, ao melhor estilo ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Andrei acha que a prova do Enade terá um estilo parecido com a do ENEM. (Foto: Augusto Albuquerque)

“Está sendo bem proveitoso, porque a gente está vendo conteúdos que nós não lembrávamos. Os aulões me clarearam, então eu vou para o dia 25 já sabendo mais ou menos o que eu vou encontrar. Eu acho que a prova tem uma pegada tipo ENEM, que as questões são bastante longas, com bastante texto pra ler e tu tem que prestar muita atenção. Não digo que vai ser difícil, mas vai ser uma prova que vai exigir bastante atenção.” – coloca o estudante.

A prova do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes contém 40 questões, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área, com  questões discursivas e de múltipla escolha . O Enade acontece no dia 25 de novembro, no Campus I da UPF, com a abertura dos portões às 12h e fechamento às 13h, de acordo com o horário oficial de Brasília (DF).