Nathan Schultz e Adenilson Gois

O CTG Lalau Miranda foi fundado em 1952, aos 65 anos de existência, a entidade pode ser considerada um dos centros de tradições mais antigos do estado. O CTG Lalau Miranda foi à segunda entidade tradicionalista fundada no Rio Grande do Sul, atrás apenas do 35 CTG, segundo o jornal Zero Hora. De acordo com o Patrão do CTG, Odalino Bonamigo, há seis meses na frente da patronagem, ‘‘ o CTG Lalau Miranda tem uma representação muito significativa para a cidade de Passo Fundo, pois leva o nome do município para o Brasil e também para o mundo. As invernadas artísticas que compõe a entidade já participaram de eventos na Itália, França, Espanha, Argentina, Chile, Paraguai, representando Passo Fundo de uma maneira geral”.

A comunidade de Passo Fundo e região encontram muitas atividades no CTG Lalau Miranda ‘‘As invernadas artísticas que representam o CTG e que atraem pessoas para a nossa entidade são divididas em cinco modalidades, desde as crianças de 7 a 8 anos, que compõe a pré-mirim, os adolescentes que fazem parte da mirim, as prendas e peões mais jovens que dançam na juvenil, a invernada adulta, e a veterana (xiru), enfatizou o patrão. Além disso, entre outras atrações do CTG, estão os fandangos, rodeios que já foram realizados no próprio CTG, atraindo para Passo Fundo membros de CTGS da região e de outros estados, churrascos e ‘‘custelão ’’. ‘‘ As pessoas gostam de comparecer aos nossos eventos, a gente encontra muita coisa boa no Lalau Miranda, conclui o patrão.

Para o casal, frequentador do CTG, Rose Andrade e Fagner Lima, o CTG Lalau Miranda é a estância do tradicionalismo gaúcho em Passo Fundo, acolhendo moradores da cidade e de toda a região, divulgando os valores da cultura gaúcha a todos que lá frequentam. ‘‘ O CTG Lalau Miranda representa a comunidade Passo-Fundense de forma exemplar através de suas invernadas de danças gauchescas pelo Rio Grande. Tenho o maior orgulho em frequentar esta casa e ser apaixonada por essa cultura’’, concluiu Rose Andrade.

Outro evento que atrai inúmeras pessoas para o CTG é a Semana Farroupilha, considerada pelos gaúchos um marco histórico na história do Rio Grande do Sul. Todos os dias, a partir do dia 8 de setembro, são servidos café de chaleira no CTG Lalau Miranda, atraindo inúmeras pessoas. Além do público em geral que participa do café, crianças de todas as escolas também participam. A participação das escolas é agendada e chegam a contar com cerca de 400 crianças para o famoso café de chaleira durante a semana farroupilha.  ‘’ A semana Farroupilha é o momento do gaúcho, é o momento que o gaúcho começa a se sentir gaúcho mesmo de verdade e esse é um ponto muito legal da semana farroupilha. ’’, destacou o patrão.

Além das pessoas da região o CTG Lalau Miranda recebe visitas dos estados de Santa Catarina, Paraná, Argentina, Paraguai, entre outros. O Patrão destaca que vêm muitos visitantes do nordeste, conhecer o Lalau Miranda. O Lalau Miranda é um ponto turístico histórico da cidade de Passo Fundo e leva o nome do município para os quatro cantos do Brasil e do mundo, conclui.

‘‘ Dentro de uma entidade tradicionalista como é o CTG Lalau Miranda, a gente sente muito orgulho de receber todas as pessoas, mas o que mais nos deixa feliz é que as famílias inteiras vêm ao CTG, desde a criancinha de colo até o vovô de 80 a 100 anos. Isso nos enche de alegria, pois sabemos que toda a família pode vir até nosso centro de tradições, não proibimos as crianças de brincar dentro do salão em um baile, por exemplo. Isso é coisa mais linda. Isso engrandece muito a entidade, porque além da família estar aqui, os pais estão tranquilos, porque dentro do CTG é difícil ouvir falar que deu alguma briga, ou bagunça a gente zela muito por esse comportamento familiar da entidade  para que as pessoas se sintam bem no CTG ’’, afirma o patrão.

O estudante e frequentador da entidade, Renan Alberton, afirma que o Lalau Miranda é um CTG de renome no estado inteiro e que empilha títulos nas competições artísticas que comparece. ‘‘ É um prazer vim a Passo Fundo e visitar o Lalau, os eventos tradicionalista que a entidade organiza é de primeira, a gente se sente bem aqui, o CTG Lalau Miranda é um dos pilares que ajudam a manter nossa tradição viva até hoje ’’, finalizou Renan.

Ocorrem eventos no CTG semanalmente e em alguns finais de semana chegam a ocorrer dois eventos, o CTG é locado para outros eventos também. Ocorrem em média de 2 a 3 cursos de danças de salão por ano, os eventos mais frequentes são bailes, jantares e formaturas.