Paulo Maciel da Silva: “No inverno você demora mais para suar e cansar” . Foto: Luiz Carlos Medeiros

Ao fim do inverno, as academias cheias mostram pessoas na busca por um corpo mais definido. Mas, de acordo com especialistas, o “projeto verão” deve começar antes disso: já na estação mais fria do ano. O objetivo final não deve ser somente estético, tem a ver com uma vida mais saudável durante todo o ano.

A profissional de educação física, Cristiane Zanella, conta que o nosso corpo cria uma rotina, se adaptando ao estímulo dado, e por isso a importância de treinar regularmente nos mesmos dias e horários.

“Mesmo que você procure fazer atividade física somente estética ou por questão de saúde, o efeito do exercício causa adaptações, como a parte cardiovascular, que auxilia o coração a bombear o sangue com menos esforço. No momento que você para, esses efeitos acabam sendo perdidos, pois para mantê-los é necessária a continuidade. Além disso, a massa muscular também será perdida, nossos músculos necessitam de estímulos para manter-se fortes e resistentes”.  

Independente da estação, alguns cuidados na hora de suar a camisa são indispensáveis. Avalição física, escolha do tênis e da roupa são alguns fatores que influenciam na saúde e no conforto do praticante, segundo a profissional.

“É importante você fazer uma avaliação com o profissional de educação física antes de começar as atividades. Ela consegue detectar problemas posturais, começando pela pisada. Com esta avaliação você poderá encontrar o melhor tênis para seu tipo de pisada”, explica.  

Sobre a roupa, Cristiane cita a importância de que ela seja confortável para quem realizar os movimentos. “Tecidos maleáveis, como legging, calças de suplex ou calças de abrigos. Jamais utilize jeans ou tecidos muito grossos que trancam o movimento. Para quem tem cabelo comprido, é extremamente importante a utilização de presilhas. O profissional consegue visualizar o movimento através desses pontos”, recomenda.

Coragem para enfrentar o frio

Se o movimento nas academias tradicionalmente diminui no período de baixas temperaturas , há quem prefira justamente essa época do ano para fazer seus exercícios. É o caso de Hassan Mahmud, 22, que pratica academia todos os dias, além de também jogar rúgbi e ser adepto da natação.

O benefício é cristalino. Toda vez que treinamos e mantemos nosso metabolismo ativo é sempre fundamental. Sair de casa no inverno é melhor do que no verão, pelo desconforto do calor, além das academias estarem mais vazias.”

Em seus treinos em dias de frio, Hassan comenta que tem mais disposição. “Também não tem aquele sensação de passar muito calor, estar suando na rua no caminho para a academia, então prefiro treinar no inverno”, opina.

Assim como Hassan, Paulo Maciel da Silva, 50, é claro quando perguntado sobre a preferência entre praticar exercícios no inverno. “No inverno, vejo mais vantagem porque você malha mais e demora mais para cansar. No verão você gasta muita energia, mas não chega em seu objetivo, gasta energia muito rápido”, conta.

Praticante de exercícios físicos na academia há 20 anos, explica que mesmo assim é preciso ter coragem para vir até o local de práticas. “É a melhor sensação levantar cedo e fazer academia, porque somente assim você verá o resultado no futuro”, afirma.

Seja no quente ou no frio, o importante é encontrar o exercício que mais gosta de fazer, segundo a educadora física Cristiane Zanella. “Depois de achar o que mais gosta, se comprometa em realizar as atividades regularmente. Você percebe benefícios como a melhora da qualidade de vida, e a endorfina liberada após a atividade física, que causa a sensação prazerosa e afasta a depressão e o desânimo. Lembre-se: quando chegar o verão você vai estar mais preparado para realizar novas atividades”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*