O Brasil é considerado o sexto País mais violento para jornalistas. Em 20 anos, foram registrados 64 assassinatos. Segundo dados do Conselho nacional do Ministério público, desses casos apenas 32 tiveram uma investigação efetiva, 16 continuam em apuração e em 7 casos, os autores do crime não foram identificados. 

Confira na timeline, alguns casos que não foram solucionados:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*