Religião afro-brasileira sofre preconceitos oriundos da falta de conhecimento do significado de seus elementos

Por: José Henrique Sodré e Rebecca Mistura

Umbanda – Magia, arte de curar, fonte da vida eterna. De origem brasileira, a Umbanda é uma religião que une diversos elementos de religiões africanas e cristãs. Criada pelo médium Zélio Fernandino de Morais, a religião surgiu na cidade de São Gonçalo, no estado do Rio de Janeiro, no ano de 1908. Em 2012, a Lei 12.644 oficializou o dia 15 de novembro como data do surgimento da religião. 

Tal qual outras religiões, como o Candomblé, a Umbanda é alvo de preconceitos que trazem, em sua raiz, um denominador comum: o racismo. “Macumbeiro!” e outras expressões que são usadas como forma de atacar os adeptos da religião, possuem um outro significado que passa longe do senso comum do brasileiro. Em 2019, até o mês de setembro, a CCIR (Comissão de Combate à Intolerância Religiosa) registrou 200 denúncias de preconceito em solo brasileiro.

Para o sociólogo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Frederico dos Santos, as religiões afro-brasileiras englobam muitos elementos da cultura nacional na sua essência. “A umbanda é o melhor exemplo de uma religião afro-brasileira ao ter em seu panteão divindades africanas, mas também indígenas e muitas outras coisas que fazem referência ao Brasil”, afirma. Além disso, o sociólogo traz também as diferenças entre a Umbanda e o Candomblé, que você pode conferir acessando a reportagem da ComArte no link abaixo.

Candomblé e umbanda: diferenças e religiosidade em tempos de isolamento social

Para entender melhor a religião é preciso conhecer algumas de suas características. Alguns destes vocábulos estão sintetizados a seguir, tendo como base a obra de Ademir Barbosa Júnior, “O Livro Essencial de Umbanda”. O autor é Mestre em Literatura Brasileira pela USP e em seu livro, publicado em 2014, ele busca desvendar conceitos e aprofundar na imensidão de elementos da Umbanda.

Acompanhe abaixo, no infográfico interativo, o significado de alguns dos verbetes mais populares da Religião:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*