No dia 08/10, comemora-se o dia do Nordestino. A data é celebrada deste o ano de 2009. A cultura desta terra traz a todos brasileiro diferentes, conhecimentos, costumes, crenças e artes.

O nordeste é composto pelos seguintes estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Piaui, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Sergipe. Está região do país é marcante pelos seus aspectos culturais. A cultura trás em foco comidas típicas, a música, a dança e o Sotaque, que são únicos e que representa muito as pessoas que lá vivem.

O nordeste é dono das paisagens mais belas que existem no país. O nordeste foi a primeira região colonizada pelos portugueses, no século XVI. Se tornando com o passar dos anos e sendo até os dias atuais bastante particular, típica e variada. A literatura popular do cordel conhecida em todo território nacional reconstrói a literatura dos Portugueses e que tem origem na idade média.

Foto: Francisco Moreira da Costa / Acervo Iphan

As músicas populares desta cultura, se destacam nos ritmos do: Xaxado, Martelo, Axé, Frevo, Baião e Coco. O artesanato na cultura nordestina é também uma parte muito importante da Cultura Nordestina, e se torna o ganha- pão de inúmeras pessoas

A artesã Marliete Rodrigues começou a fazer artesanato aos nove anos de idade, hoje com 63 anos, é especialista em criar miniaturas. Para ela a cultura e paixão pelo artesanato começam cedo, já na infância: “A gente estimula as crianças a brincar com o barro. Foi assim que comecei. Quando a gente gosta muito do trabalho, quando a gente faz com amor, ele faz parte da vida da gente o tempo todo”, cita Marliete.

Foto: Jesus Carlos

Foto: Internet

O prato a comida que reje em meio a esta cultura é o cuscuz. Apesar de ter seus primeiros registros no Norte da África. No Brasil a comida é referência de na cultura, a receita chegou aqui junto com os portugueses e tinha até seu nome do início como “brazuca”.

O conhecido cuscuz, tem hoje diferentes versões em todo o país, sendo totalmente democrático. Porém o prato é o xodó dos nordestinos, feito com farinha de milho ou milho cozido a vapor, e geralmente em uma cuscuzeira.

Na música brasileira, existem talentosos cantores como: Ivete Sangalo, Alceu Valença, Luiz Gonzaga, Caetano Veloso e muitos outros […] Cantores que atuam em diferentes ritmos e trouxeram no seu sucesso traços da sua regionalidade.

Nordestinos este que são referência na música, como é o caso no John Amplicado, que lançou este ano a música: Replay, e que está sendo escutada em diferentes plataformas, pelo público mais jovem. O cantor ao lembrar o dia do nordestino, cita: “Acho que estamos em um momento incrível, pois o Brasil inteiro está consumindo a música nordestina.”

A data comemora e homenageia toda a riqueza cultural da região. Está foi definida em virtude de ser o mesmo dia de nascimento do compositor e cantor Antônio Gonçalves da Silva, que compôs músicas para o também Luiz Gonzaga.

Cantor Luiz Gonzaga,
Foto: Internet/divulgação

Antônio era popularmente conhecido como o Patativa do Assaré e faleceu no ano de 2002. Ele foi escolhido, pois é uma das pessoas que mais representou a cultura nordestina.

Um “Oxente” e “Vixe” são pronúncias normais assim como muitas outras dos nordestinos. Para cada uma um significado e um sentimento do que é “ser nordestino”.

A cultura nordestina é uma cultura desse pedaço do Brasil, que circula em todos os outros estados, seja por meio de seus conterrâneos e de pessoas que se identificam. Modos estes de falar, estilo de música, e gosto que devem seguir sendo vivenciados e vividos todos os dias, e comemorado a cada ano.

Por: Bruna Duarte

#JORNALISMOCULTURAL#NORDESTE#CULTURA